EUA se prepara 'seriamente' para guerra com Coreia do Norte
EUA se prepara 'seriamente' para guerra com Coreia do Norte O secretário da Defesa, insistiu em que os esforços para resolver a crise norte-coreana devem ser principalmente diplomáticos, mas também afirmou que o Pentágono deve estar preparado para qualquer eventualidade

iG Minas Gerais | AFP | 16/01/2018 20:34:17

 

As tensões com Pyongyang pioraram no ano passado após a proliferação do lançamento de mísseis balísticos norte-coreanos
MANDEL NGAN, ED JONES / AFP As tensões com Pyongyang pioraram no ano passado após a proliferação do lançamento de mísseis balísticos norte-coreanos

As Forças Armadas dos Estados Unidos estão se preparando "muito seriamente" para uma possível guerra com a Coreia do Norte, afirmou na terça-feira (16) o legislador americano Mac Thornberry, desejando que estes preparativos não sejam postos em prática.

administração examina muito seriamente as opções militares que poderiam entrar em jogo com relação à Coreia do Norte", disse a jornalistas Thornberry, presidente da comissão das Forças Armadas da Câmara de Representantes.

"Os treinamentos são muito sérios", acrescentou. "Há preparativos em curso e tomara que não sejam necessários".

O secretário da Defesa, Jim Mattis, insistiu em que os esforços para resolver a crise norte-coreana devem ser principalmente diplomáticos, mas também afirmou que o Pentágono deve estar preparado para qualquer eventualidade.

Em declarações à imprensa antes da cúpula no Canadá sobre a Coreia do Norte, Mattis declarou na véspera que "o esforço neste momento está firmemente na área diplomática", mas as "opções militares permanecem".

"Queremos que os diplomatas saibam que estão apoiados pela força das armas".

As tensões com Pyongyang pioraram no ano passado após a proliferação do lançamento de mísseis balísticos norte-coreanos, capazes de transportar uma ogiva nuclear e atingir o território americano. Foram abrandadas com as conversações que começaram há uma semana entre Seul e Pyongyang. 

COMPARTILHE
CONTATO
CEP:
COTAÇÃO DO DOLAR